No mundo corporativo, é comum haver um distanciamento arriscado entre os problemas que as pessoas enfrentam no âmbito pessoal e o trabalho que elas desempenham. No entanto, profissionais saudáveis são responsáveis por empresas produtivas. 

Pode parecer que não existe ligação, mas imagine como deve ser trabalhar todos os dias enquanto batalha contra uma dor crônica ou sofre com uma doença incurável. A rotina de mais da metade dos brasileiros é assim. 

De acordo com um levantamento de 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 52% da população com 18 anos ou mais têm pelo menos uma doença crônica, sendo as mais prevalentes a hipertensão arterial, problemas na coluna, depressão e diabetes.

Neste cenário em que as vivências particulares de saúde interferem na produtividade e na entrega profissional, é importante que o RH possa acompanhar de perto e consigam ajudar de forma eficiente os colaboradores. Mas como fazer isso ao mesmo tempo que precisa se preocupar com todas as obrigações diárias e burocráticas do setor? 

Pensando nisso, o OLI SAÚDE preparou três dicas para tornar o seu ofício menos complicado e te ajudar a conseguir tempo para cuidar da saúde da sua equipe. 

1. Faça um bom planejamento e estabeleça metas

Para conquistar resultados significativos é essencial que as ações do RH estejam bem planejadas e alinhadas com a equipe desde o início. Do processo de contratação e treinamento dos colaboradores a entrega de projetos, a sua equipe vai trabalhar melhor se tiver consciência do que está executando e do que esperam dela. 

É por isso que, ao contrário do que muitos dizem e pensam, produtividade não significa mais horas trabalhadas, significa que há clareza e objetividade no que se está fazendo. 

Defina as prioridades e as metas do seu time com antecedência, evite o excesso de esforço desnecessário e adote a inovação e a organização como itens indispensáveis na sua rotina. Produtividade se constrói com trabalho, mas também com ordem.

2. Treine sua equipe

Preparação é um requisito básico para quem deseja alcançar resultados importantes. Por isso, investir na carreira e no desenvolvimento individual dos colaboradores da sua equipe é uma estratégia significativa para a produtividade.

 Desde treinamentos corporativos a cursos de qualificação e feedbacks, a sua equipe tem que ser estimulada a ser um pouco melhor todos os dias. Essas ações vão aumentar a motivação dos colaboradores e tornar a realização do trabalho mais prazerosa e simples. 

Quando a equipe estiver realmente preparada para realizar as demandas da área, a gestão, supervisão e até a implementação de mudanças serão atividades cumpridas com mais facilidade e sem tomar tanto tempo. 

3. Utilize tecnologia para automatizar processos

Entre pagamentos, revisão de contratos, processos seletivos e avaliações, o trabalho do RH é repleto de tarefas repetitivas e que consomem horas a fio. Desnecessariamente. A solução para resolver esse problema é mais simples do que parece.

Existem diversos softwares disponíveis no mercado que foram criados justamente para automatizar estes processos, economizando tempo e dinheiro para a empresa, além de evitar que erros humanos aconteçam por pessoas cansadas de repetir a mesma tarefa. 

Implementar tecnologia no RH é um investimento importante, uma oportunidade para alavancar a produtividade da companhia e tornar os colaboradores mais produtivos. 

E o tempo com saúde? 

Após realizar mudanças que vão proporcionar que a equipe seja mais produtiva para entregar as demandas da área em menos tempo e com mais eficiência, o RH pode voltar seus olhos para um dos aspectos mais importantes da vida das pessoas: a saúde. 

Neste momento, é importante pensar no melhor plano de saúde, compreender as necessidades de cada colaborador, escutar as demandas de saúde do time e encontrar soluções para resolver os problemas que eles enfrentam.