Dia a dia do RH
January 2022

Por que trabalhar com RH parece cada vez mais difícil?

O mercado de trabalho nunca passou por tantas transformações relevantes ao mesmo tempo e em tão pouco tempo quanto nos últimos dois anos. Do trabalho remoto à adoção de ferramentas de comunicação, passando por cuidados com saúde e inovações tecnológicas, o RH que chega ao fim do 1º trimestre de 2022 é completamente diferente daquele que existia no final de 2019. E todas estas transições tornaram a profissão ainda mais difícil. 

É importante pontuar, claro, que ser um profissional de RH antes não era exatamente o trabalho mais fácil do mundo. Lidar com as demandas, expectativas e receios de todos os colaboradores da empresa é, sem dúvidas, tão difícil e necessário quanto parece. No entanto, os pedidos incessantes de demissões, as licenças médicas durante a pandemia, a adaptação a este novo modelo de trabalho e esforço hercúleo para encontrar talentos qualificados ajudam a ilustrar a complexidade do cenário atual. 

Diante de tantas variantes (com o perdão do trocadilho), os profissionais de RH se veem agora no meio de uma encruzilhada. Por um lado, eles precisam aumentar salários, melhorar opções de benefícios e oferecer diferenciais para atrair e reter os bons colaboradores, enquanto, por outro lado, sofrem com a baixa de recursos financeiros após uma crise global e a ausência de candidatos capacitados.

No centro desta equação estão pessoas atuando sob uma tremenda pressão e, muitas vezes, esquecidos na engrenagem de um tortuoso mercado de trabalho. Tanto é que uma pesquisa realizada pela GoCo com profissionais de recursos humanos mostrou que cerca de 75% deles acreditam que o trabalho é mais difícil do que nunca. E quase 100% das pessoas responderam que o ambiente de contratação é de moderado a “altamente competitivo”. 

É notório, portanto, que a competitividade, aliada a falta de mão de obra qualificada e o cenário pandêmico criaram um ambiente hostil. Porém, existem luzes no fim do túnel e elas brilham cada vez mais fortes para quem deseja enxergá-las. A tecnologia, por exemplo, vem promovendo diversas transformações positivas com inovações revolucionárias para o setor. Isso vale desde soluções para recrutamento e seleção até ferramentas para ajudar as empresas a gerenciarem benefícios, como a Oli Saúde. 

O que se vê na atualidade é um movimento de transformação e consolidação de um novo mercado de RH, onde o profissional da área não precisa mais lidar sozinho com todas as demandas e pode contar com o apoio de diversos recursos externos e de empresas que podem apoiá-los para que consiga cumprir todas as metas estipuladas. É claro que ainda há uma longa estrada para percorrer, mas hoje, parece que o trem já está nos trilhos.

Continue lendo